Revista Experience Club – Edição nº 10/2014

33A empresária mineira Vanessa Vilela tem uma rotina puxada. Levanta por volta das 6h30 e encara pelo menos uma hora de atividade física antes de ir para o escritório da Kapeh, em Três Pontas, no sul de Minas Gerais, onde trabalha de 12 a 14 horas por dia. Muitas vezes a rotina se estende para o fim de semana, quando ela participa de palestras sobre o tema que mais adora: cosmetologia. Foi a paixão por este assunto que levou Vanessa a fundar, a seis anos a Kapeh – cujo significado é café, em maia – , uma empresa de cosméticos feitos com o grão da bebida.

A cidade fica em uma importante região cafeeira do País, onde Vanessa passou a infância e a adolescência já sonhando em ter seu próprio negócio no ramo. Foi ali, no mesmo lugar, que ela teve a idia de pesquisar quais seriam os efeitos do café na pele. Logo depois que retornou de uma temporada em Cuiabá, onde cursou farmácia e bioquímica. “Simplesmente um dia me perguntei se o café poderia ser usado em cosméticos e fui pesquisar a respeito”, diz Vanessa.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *